Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Movimento - revista de educação é um periódico eletrônico vinculado à Faculdade de Educação e ao Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Dirigida a pesquisadores, a docentes e a outros profissionais da educação e a discentes (graduandos e pós-graduandos), da grande-área das ciências humanas e da área da educação, a Movimento-revista de educação tem na pluralidade de perspectivas teóricas e na interdisciplinaridade um de seus pilares.

Com edição semestral, Movimento-revista de educação tem como objetivo publicar manuscritos que, pelo seu rigor teórico e metodológico, contribuam para a difusão do conhecimento crítico na área da educação e para o avanço da pesquisa educacional, suscitando novas questões e estimulando a atuação dos educadores.

Em conformidade com a política editorial, recebe manuscritos em fluxo contínuo e estrutura-se em cinco seções: (i) Dossiê Temático; (ii) Artigo (iii) Resenha; (iv) Entrevista; (v) Documento.

Movimento-revista de educação aceita manuscritos originais em português, em espanhol, em inglês e em francês. Se o manuscrito original for redigido em língua estrangeira, ele deverá ser acompanhado da versão em português.

Os autores devem ser mestres ou doutores.

Aceitam-se manuscritos produzidos graduados e por estudantes (graduandos e pós-graduandos) desde que sejam submetidos em coautoria com professor-orientador portador do título de mestre ou doutor.

 

Políticas de Seção

Editorial

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático

A Movimento – revista de educação adota, desde 2014, a política de dossiês temáticos sem, no entanto, descurar-se do seu caráter interdisciplinar aberto aos trabalhos de fluxo contínuo. Os dossiês temáticos cumprem a finalidade de reunir, periodicamente, temas específicos e candentes da realidade educacional.

Diferentemente do Dossiê Temático por fluxo contínio, sua submissão pode de se dar por convite da equipe editoral.Entretanto, sua tanto sua proposta quanto seus manustricos estarão sujeitos à avaliação duplo-cegpo.

Os proponentes-organizadores do dossiê devem ser pesquisadores doutores vinculados a programas de pós-graduação, a núcleos ou a grupos de pesquisas de instituições de ensino superior.

Os autores devem ser mestres ou doutores de diferentes regiões do país, sendo, pelo menos um deles, filiado à instituição estrangeira reconhecida. O percentual dos autores de uma mesma instituição não pode ultrapassar o total de 30% dos autores de cada número. 

Quanto às propostas, elas devem conter título, resumo da temática (em pelo menos dois idiomas adotados pela Movimento – espanhol, inglês e francês – sendo obrigatória uma versão em português), estrutura dos artigos, data limite para a submissão dos textos e minicurrículo dos proponentes/organizadores e dos autores com enlace para o currículo lattes (atualizado).

Cada dossiê é composto de pelos menos 8 (oito) artigos, 2 (duas) resenhas, 1 (uma) entrevista, de no máximo 6 (seis) questões, 1 (um) documento e 1 (uma) apresentação de até 10 laudas do(s) seu(s) organizador(es). As exceções serão apreciadas pela Editoria.

Todas as imagens, as figuras, as charges, os desenhos e as fotografias devem ser acompanhadas de documento de cessão de direitos tanto do autor como daqueles que estejam visíveis nas fotos, mesmo as que circulam na Internet. Domínio público, vale esclarecer, só se configura quando o autor da imagem/foto for falecido há 71 anos ou mais (Ver Lei n. 9.610/98). 

O Dossiê, se aprovado, poderá, eventualmente, ser publicado como número especial. 

Textos eventualmente aprovados e não incorporado em um dossiê poderão ser publicados em edições posteriores na seção de fluxo contínuo.

Independentemente dos dossiês temáticos, os autores podem submeter contribuições em qualquer outra seção, após doze meses de sua última colaboração.

A Editoria reserva-se o direito de convidar docentes-pesquisadores vinculados a diferentes instituições de ensino e de grupos de pesquisa, situados no Brasil ou em outros países, a elaborar porpostas de dossiês, de de modo a garantir o estreitamento dos laços interinstitucionais e a colaboração científica nacional e internacional.

 

 

 

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático - Fluxo contínuo

A Movimento – revista de educação adota, desde 2014, a política de dossiês temáticos, em fluxo contínuo, com a finalidade de reunir, periodicamente, temas específicos e candentes da realidade educacional, desenvolvidos de forma crítica, tal como indica o foco e o escopo da revista. 

As chamadas para os dossiês temáticos, em fluxo contínuo, são publicadas na aba "Notícias" do sítio da Movimento.  

Os proponentes-organizadores do dossiê devem ser pesquisadores doutores vinculados a programas de pós-graduação, a núcleos ou a grupos de pesquisas de instituições de ensino superior.

Os autores devem ser mestres ou doutores de diferentes regiões do país, sendo, pelo menos um deles, filiado à instituição estrangeira reconhecida. O percentual dos autores de uma mesma instituição não pode ultrapassar o total de 30% dos autores de cada número. 

Quanto às propostas, elas devem conter título, resumo da temática (em pelo menos dois idiomas adotados pela Movimento – espanhol, inglês e francês – sendo obrigatória uma versão em português), estrutura dos artigos, data limite para a submissão dos textos e minicurrículo dos proponentes/organizadores e dos autores com enlace para o currículo lattes (atualizado).

Cada dossiê é composto de pelos menos 8 (oito) artigos, 2 (duas) resenhas, 1 (uma) entrevista, de no máximo 6 (seis) questões, 1 (um) documento e 1 (uma) apresentação de até 10 laudas do(s) seu(s) organizador(es). As exceções serão apreciadas pela Editoria.

Todas as imagens, as figuras, as charges, os desenhos e as fotografias devem ser acompanhadas de documento de cessão de direitos tanto do autor como daqueles que estejam visíveis nas fotos, mesmo as que circulam na Internet. Domínio público, vale esclarecer, só se configura quando o autor da imagem/foto for falecido há 71 anos ou mais (Ver Lei n. 9.610/98). 

O Dossiê, se aprovado, poderá, eventualmente, ser publicado como número especial. 

Textos eventualmente aprovados e não incorporado em um dossiê poderão ser publicados em edições posteriores na seção de fluxo contínuo.

Independentemente dos dossiês temáticos, os autores podem submeter contribuições em qualquer outra seção, após doze meses de sua última colaboração.

A Editoria reserva-se o direito de convidar docentes-pesquisadores vinculados a diferentes instituições de ensino e de grupos de pesquisa, situados no Brasil ou em outros países, de modo a garantir o estreitamento dos laços interinstitucionais e a colaboração científica nacional e internacional.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigo - Dossiê Temático

Textos acadêmico-científicos que compõem o Dossiê Temático submetidos à Movimento e com a anuência do(s) organizador(es) do Dossiê. Incluem-se nesta seção ensaios teóricos e relatos de experiências.

 

 

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigo - Fluxo contínuo

Textos acadêmico-científicos recebidos por demanda contínua, incluindo ensaios teóricos e relatos de experiências, desde que voltados à análise de questões centrais do campo educacional.

 

 

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relato de Pesquisa

Refere-se a um projeto (em execução ou finalizado) com o fito de apresentar seu desenvolvimento, de evidenciar o percuso teórico-metodológico, e de mostar os resultados e as suas conclusão.

 

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha Fluxo Contínuo

Serão aceitas resenhas de obras clássicas ou inéditas. Elas serão avaliadas pela Editoria, que, nesse caso, poderá aprová-las, rejeitá-las ou, se entender necessário, submetê-las à apreciação de pareceristas ad hoc.

 

 

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha - Dossiê Temático

Serão aceitas resenhas de obras clássicas ou inéditas. Elas serão avaliadas pela Editoria, que, nesse caso, poderá aprová-las, rejeitá-las ou, se entender necessário, submetê-las à apreciação de pareceristas ad hoc.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevista - Fluxo Contínuo

As entrevistas são avaliadas pela Editoria, não sendo submetidas ao sistema de avaliação duplo-cego por pares.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevista - Dossiê Temático

As entrevistas são avaliadas pela Editoria, não sendo submetidas ao sistema de avaliação duplo-cego por pares.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Documento - Dossiê Temático

Esta seção tem por finalidade resgatar, divulgar e preservar a memória de textos elaborados por associações e por entidades de classe, exarados por órgãos governamentais (leis, pareceres, decretos, entre outros) e com valor histórico (textuais e iconográficos do passado recente e/ou remoto).

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Documento - Fluxo Contínuo

Esta seção tem por finalidade resgatar, divulgar e preservar a memória de textos elaborados por associações e por entidades de classe, exarados por órgãos governamentais (leis, pareceres, decretos, entre outros) e com valor histórico (textuais e iconográficos do passado recente e/ou remoto).

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Intercâmbio

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

A seleção de trabalhos para publicação toma como referência a relevância da temática, a pertinência à política editorial, o rigor na abordagem teórica, na metodologia e na argumentação, bem como a correção e a clareza na construção do texto.

Os editores realizarão uma avaliação prévia dos trabalhos, consoante às Diretrizes para Autores, antes de serem encaminhados aos pareceristas.

O processo de avaliação adotado é o duplo-cego, estando a publicação condicionada a dois pareceres emitidos por avaliadores ad hoc. Em caso de divergências, será solicitado um terceiro parecer. Os casos omissos serão avaliados e decididos pelos Editores.

Os avaliadores são externos e alheios à equipe editorial e à Universidade Federal Fluminense e são selecionados éla Plataforma Buscador de Avaliadores (http://plataformaperiodico.com.br/buscadoravaliadores e http://www.webpack.com.br:8082/PlataformaPeriodico/)  

Se aceito para publicação, o trabalho será submetido a uma verificação de linguagem e, em seguida, encaminhado ao autor com as sugestões de alterações. Após ser devolvido pelo autor, no prazo estipulado, o trabalho entra em processo de diagramação e de publicação. 

De modo a dotar o periódico de caráter internacionalizado, o autor do artigo, após o aceite final para a publicação, deverá providenciar e incluir obrigatoriamente a versão em espanhol, em inglês ou em francês.

 

Periodicidade

De publicação semestral, a Movimento-revista de educação vem se preparando para empregar a modalidade de publicação avançada de artigos ou Ahead of Print (AOP), reconhecida por publicar os artigos separadamente antes da composição dos números. 

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre e imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público, proporcionando maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Fontes de Indexação

Portal de Periódicos da CAPES

Directory of Open Access Journals (DOAJ)-https://doaj.org/

LATINDEX - Sistema regional de información en línea para revistas científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras

IBICT. Oasisbr - Portal Brasileiro de publicações em acesso aberto

Google Scholar: https://scholar.google.com.br/schhp?hl=pt-BR

Sumarios.org - Sumários de Revistas Brasileiras

LivRe - http://www.cnen.gov.br/centro-de-informacoes-nucleares/livre

PKP Index - http://index.pkp.sfu.ca/

https://revistas.redib.org/?lng=pt-br

 

 

Sobre

Movimento - revista de educação é um periódico eletrônico, vinculado à Faculdade de Educação e ao Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Criada em 2014, a Movimento-revista de educação recebeu, em sua primeira avaliação, Qualis B4 em Educação, e B2 em Ensino (quadriênio 2013-2016). ISSN: 2359-3296.

Dirigida a pesquisadores, a docentes, a outros profissionais da educação e a discentes (graduandos e pós-graduandos), da grande-área das ciências humanas e da área da educação, a Movimento-revista de educação tem, na pluralidade de perspectivas teóricas e na interdisciplinaridade, um de seus pilares.

Com edição semestral e em conformidade com a política editorial, a Revista recebe manuscritos em fluxo contínuo e estrutura-se em cinco seções: (i) Dossiê Temático; (ii) Artigo (iii) Resenha; (iv) Entrevista; (v) Documento.

Movimento-revista de educação aceita manuscritos originais em português, em espanhol, em inglês e em francês. Se o manuscrito original for redigido em língua estrangeira, ele deve ser acompanhado da versão em português.

Movimento-revista de educação não cobra taxas referentes à submissão, à avaliação ou à publicação de artigos. Oferece acesso livre, gratuito e imediato a todos os leitores, independentemente de cadastramento no site. 

 

Política Antiplágio

Os trabalhos submetidos à Movimento – revista de educação são examinados em programas antiplágio, como o Copyspider, o Farejador de Plágios e o AntiPlagiarist - ACNP Sftware.

Para mais informações, recomenda-se a leitura da Cartilha sobre Plágio, elaborada pela Comissão de Avaliação de Casos de Autoria (biênio 2008-2010), do Departamento de Comunicação Social - Instituto de Arte e Comunicação Social (IACS) da Universidade Federal Fluminense.

 

Código de Ética

Em conformidade com as diretrizes do Committee on Publication Ethics (COPE), que buscam incentivar a identificação de plágio, de fraudes, e de possíveis violações de ética, bem como a abertura de processos, a Movimento-revista de educação orienta os autores a visitar o sítio do COPE http://publicationethics.org, em que contém informações para os autores e para os editores sobre a ética em pesquisa.

O trabalho realizado pela equipe editorial da Movimento-revista de educação se pauta no Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, aprovado pelo Decreto nº 1.171, de 22 de junho de 1994.